Apresentando: rede de turismo solidário e comunitário.

O turismo comunitário nasce da percepção das comunidades de que não é suficiente apenas fazer a crítica ao modelo de turismo convencional, gerador de segregação sócio-espacial, de concentração de renda e de problemas sócio-ambientais. Aliado à crítica, é necessário vivenciar uma outra lógica de construção da atividade turística.

Na contramão do convencional, no turismo comunitário a população local possui o controle efetivo sobre o seu desenvolvimento, sendo diretamente responsável pelo planejamento das atividades e pela gestão das infra-estruturas e serviços turísticos.

Tudo isso orientado por princípios que buscam garantir a sustentabilidade sócio-ambiental, a exemplo da atitude ética e solidária entre as populações locais e os visitantes, geração e distribuição eqüitativa da renda, conservação ambiental e valorização da produção, da cultura e das identidades locais.

Texto tirado da Rede Tucum, Rede Cearense de Turismo Comunitário.

Conheci também o Projeto Bagagem, navegando por acaso numa breguice chamada Changemakers.

E tem ainda a Turisol, Rede Brasileira de Turismo Solidário e Comunitário.

Gostei muito do tema, vou continuar investigando e dou notícias por aqui. 😉

Olha só, descobri depois mais um grupo. A Aoka, uma operadora de turismo sustentável com uma proposta interessante.

Anúncios

3 comentários sobre “Apresentando: rede de turismo solidário e comunitário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s