Sophia de Mello Breyner Andersen.

Estou apaixonado pelo Mar de Sophia, de Maria Bethânia. E assim descobri Sophia de Mello Breyner Andersen, uma poeta portuguesa.

Vem do mar azul o marinheiro
Vem tranquilo ritmado inteiro
Perfeito como um deus,
Alheio às ruas

* * *

Quando eu morrer voltarei para buscar
Os instantes que não vivi junto do mar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s